Asperger e Dificuldades Emocionais

Desenvolvimento do auto-controle
(Síndrome de Asperger Guia para professores)

Porque é que alguns asperger se zangam , quando não parece haver nenhuma razão ?

– A maioria das pessoas com S.A. tem problemas para entender os motivos e as intenções dos outros. Em situações menos estruturadas, lidar com outras pessoas torna-se muito estressante. Em algumas ocasiões, esta tensão pode-se libertar sob a forma de explosões (crises, colapsos).

Entenda:
– O desenvolvimento emocional das crianças com S.A. tende a ir a um ritmo mais lento. Frequentemente reagem de um modo que é mais próprio de crianças muito mais pequenas.

– As crianças com esta síndrome muitas vezes não entendem como é que na perspectiva dos outros, eles conseguem perceber o seu comportamento. Isto origina que tenham menos tendência a inibir o seu próprio comportamento.

– Elas costumam querer ter amigos, mas custa-lhes muito estabelecer ou manter uma amizade. AS EXPLOSÕES DE RAIVA são ás vezes uma REAÇÃO ÀS FRUSTRAÇÕES reação às frustrações e desilusões, que experimentam nesta área.

– Algumas crianças com S.A. meditam profundamente sobre coisas que lhes aconteceram, ou revivem incidentes que aconteceram APOS Passado algum tempo. Podem ter uma fixação com danos morais sofridos, quer sejam estes reais ou imaginários. Este mal estar pode então libertar-se com reações atrasadas muito intensas.

Estratégias a utilizar:
– Pode ser mais fácil modificar alguns aspectos do meio envolvente do que mudar o modo de pensar e de sentir. Procurar os motivos destas reações e verificar se estas podem ser evitadas ou modificadas. Esta técnica pode implicar trabalhar com outras crianças, utilizando enfoques como os “ Círculos de Amigos “ (mencionaremos em próx artigo sobre essa técnica pode ser encontrada na pág 51 Síndrome de Asperger Guia para professores pág. 51 )

– Crianças necessitará de ajuda para reconhecer quando está a começar a zangar-se. Pode ser que as estratégias de auto-relaxamento resultem bem ou então recorrer a uma rotina, para evitar as situações que originam uma provável perda de controle. Isto requer treino e Bernardo necessitará que lhe dêem indicações ao introduzi-lo em situações de vida real (ver Relações Sociais: que fazer quando se rompem as amizades ? – pág. 13 ).

– É importante falar com criança depois de cada incidente. Para que a discussão se mantenha calma, simples e relacionada com os fatos, não é preciso ter qualquer ligação com qualquer tipo de sanção.
Procure identificar as fases iniciais do incidente e apresentar formas em como a dificuldade podia ter sido resolvida ou evitada.
– Não esquecer de oferecer incentivos positivos pelo auto-controle exercido (por cada dia, meio dia ou mesmo meia hora em que não tenha havido uma birra ).

https://www.facebook.com/saautismobrasil/photos/a.635154033226709.1073741828.634799356595510/664329233642522/?type=1&theater

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Asperger e Dificuldades Emocionais

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s